Escolha a impressora correta

Como escolher a impressora correta

03/07/2017

É normal surgirem várias dúvidas em nossa mente quando começamos a trabalhar com técnicas de impressão, como a sublimação. As dúvidas já começam quando precisamos decidir qual técnica utilizar. Já falamos aqui no blog sobre a diferença entre serigrafia, sublimação e qual a alternativa mais recomendada para as suas necessidades – Sublimação ou Serigrafia, qual a Melhor?

 

Uma dúvida comum para iniciantes é sobre a escolha adequada dos equipamentos para os trabalhos realizados, principalmente quando falamos sobre impressoras. Quais as melhores, o que compensa em cada uma e qual deveria realmente escolher para o seu caso. Hoje, tentaremos diminuir essa questão, que traz dúvidas aos iniciantes, antes que você possa iniciar os seus trabalhos.

A primeira coisa que você precisa considerar, é que o preço e a velocidade da impressora não são as únicas características importantes para serem analisadas em uma compra. Existem outras coisas que precisam ser avaliadas. Desse modo você não corre o risco de adquirir um equipamento que não atenda às suas necessidades corretamente.

Quando falamos em impressoras de estamparia, existem três modelos no mercado, que são: jato de tinta, plotter de recorte e a laser, sendo que cada uma possui uma especificação e função diferente, para cada caso que será utilizada.

As impressoras plotter de recorte ou sublimáticas funcionam semelhantes às que são com jato. Entretanto, as tintas nelas aplicadas já são próprias para o processo de sublimação, sendo necessária a utilização de um papel específico, o transfer sublimático, que quando aquecido pela máquina de prensa, transfere o desenho para o material que está sendo estampado. Com esse modelo de impressora é possível estampar os mais variados tipos de materiais. Mas é bom se ater também à tinta que será utilizada, que precisa ser adequada ao equipamento.

As impressoras de jato precisam de tinta pigmentada e também utilizam um transfer especial para esse modelo. A diferença das sublimáticas, é que elas não conseguem transferir a estampa para todos os tipos de materiais, sendo possível utilizá-las apenas em materiais 100% algodão.

Já as impressoras a laser possuem as mesmas funções das impressoras a jato, com a diferença de conseguir a qualidade na impressão e de estampas muito superior. Além disso, permitem uma velocidade de impressão maior e o custo reduzido com tintas, que nesse caso vem em cartuchos. O papel utilizado é o mesmo, mas a diferença de preço recai sobre o preço de um equipamento mais caro.

Além dessas diferenças, é importante sempre verificar a velocidade de impressão da máquina, a durabilidade, o tamanho máximo de impressão que você conseguirá com o equipamento e o número de cores que a máquina possui, pois tudo isso irá interferir diretamente no resultado do seu trabalho.

voltar ao Blog